Publicidade
07/08/2012 - 11h51

Com crise, formandos nos EUA aceitam vaga fora da área de formação

DE SÃO PAULO

Atualizado às 11h55.

Segundo pesquisa da universidade Rutgers (State University of New Jersey), a recessão nos EUA, que terminou em meados de 2009, ainda atrapalha o "sonho americano" dos jovens do país.

Segundo o estudo, 27% dos entrevistados estão em um emprego que exige nível de qualificação menor do que a que os jovens possuem.

O levantamento também indica que 23% concordaram em trabalhar em uma área fora do campo de especialização ou que não se relaciona com os cursos que fizeram durante a vida.

Finep distribuirá R$ 9 milhões em prêmios para projetos de inovação
Três multinacionais abrem ao menos 230 vagas para estagiários e trainees
Consultoria aponta 7 carreiras que estão em alta nas empresas
Evento de RH trará palestras sobre perfis de profissionais

A pesquisa ouviu 444 jovens que se graduaram nos Estados Unidos entre 2006 e 2011. Segundo a universidade, a amostra tem tamanho adequado para representar todo o universo de graduandos no país.

Do total de entrevistados, 75% afirma que desde o final da faculdade conseguiram ao menos um emprego em tempo integral. Apesar disso, 24% das pessoas ouvidas relatam ganhar "muito menos" do que esperavam para o primeiro emprego.

De acordo com o estudo, o pagamento por hora para profissionais iniciantes diminuiu 17% em 2009-2001 na comparação com o período 2006-2007.

 

Publicidade

 
Busca

Encontre vagas




pesquisa

Publicidade

 

Publicidade

 

Publicidade

 

Publicidade

 

Publicidade


Livraria da Folha

Mudar

Mudar

Flávio Gikovate

Comprar
Geração de Valor

Geração de Valor

Flávio Augusto da Silva

Comprar
A Saúde dos Planos de Saúde

A Saúde dos Planos de Saúde

Drauzio Varella e Mauricio Ceschin

Comprar
Adeus, Aposen- <br> tadoria

Adeus, Aposen-
tadoria

Gustavo Cerbasi

Comprar