Publicidade
21/08/2011 - 07h42

McDonald's paga R$ 70 mil a funcionário que engordou

MARCOS DE VASCONCELLOS
DE SÃO PAULO

No Rio Grande do Sul, o McDonald´s pagou R$ 70,5 mil a um ex-funcionário que entrou na Justiça por ter engordado cerca de 30 kg nos 12 anos em que trabalhou na companhia.

No processo, que teve início em 2008, Edson Zwierzinsky alega que, como gerente, era obrigado a provar os alimentos da franquia.

"[Ele] tinha de experimentar, diariamente, quantidades variáveis de refrigerante, hambúrguer e batata frita", afirma o advogado de Zwierzinsky, Vilson Martins.

O Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região (Rio Grande do Sul) decidiu que há relação direta entre os quilos que o ex-gerente engordou e o trabalho que ele teve que desenvolver.

Os R$ 70,5 mil que deverão ser pagos ao trabalhador devem-se a danos morais, danos materiais --custos do tratamento de obesidade--, danos estéticos e outros direitos trabalhistas.

Ainda era possível entrar com um recurso, contestando a decisão, mas a franqueada do McDonald´s na região, Kallopolli Comércio de Alimentos, firmou acordo em março deste ano para pagar a quantia.

Em nota enviada à Folha, a franquia afirma que "oferece a seus funcionários um cardápio variado que atende à legislação brasileira" e que "incentiva seus funcionários à adoção de hábitos saudáveis".

Segundo familiares de Zwierzinsky, ele está fazendo tratamento para emagrecer.

 

Publicidade

 
Busca

Encontre vagas




pesquisa

Publicidade

 

Publicidade

 

Publicidade

 

Publicidade

 

Publicidade


Pixel tag