Publicidade
16/02/2014 - 01h30

Por mais espaço, casa avança sobre terreno acidentado

DE SÃO PAULO

Driblar a "falta de espaço" para a construção desta casa de 680 m², localizada em um condomínio em Nova Lima (MG), foi um desafio para o escritório Anastasia Arquitetos.

Metade da melhor área para crescer a residência pertencia à companhia de energia local. A solução, segundo os arquitetos, foi "avançar rumo à pior topografia" –o desnível do terreno.

Ante a dificuldade de disfarçar a altura dos pilares necessários para sustentar a casa, a saída foi assumi-los como uma marca estética.

O edifício foi rebaixado em relação à rua para se integrar melhor ao ambiente e à natureza do entorno.

Assim, os fundos da residência tornaram-se a fachada principal.

Sem muros, protegida apenas por uma tela metálica, a casa tem vista limpa para as montanhas e é inundada pelo sol da manhã nas áreas sociais.

 

Publicidade

 
Busca

Encontre um imóvel









pesquisa

Publicidade

 

Publicidade

 

Publicidade

 

Publicidade

 

Publicidade


Pixel tag