Publicidade
10/11/2015 - 18h49

Tecnologia de video game permite visitação de imóvel a distância

DE SÃO PAULO

Uma tecnologia comum em video games está sendo usada para conhecer melhor um imóvel pela internet.

O Kinect, sensor de movimentos usado no console Xbox, da Microsoft, é capaz de captar imagens tridimensionais com um sistema de raios infravermelhos. Ligado a um software, a câmera "escaneia" o ambiente e cria um arquivo 3D em que é possível passear pelos ambientes do imóvel virtualmente.

A tecnologia é barata (um Kinect hoje custa por volta de R$ 600) se comparada a alternativa anterior já usada para criar "tours virtuais" (scanners a laser, por exemplo).

"O valor desses scanners é muito alto, passam de US$ 50 mil. Fica inviável para um serviço de escaneamento pequeno", conta Francisco Toledo, criador da empresa iTeleport, que utiliza o Kinect para fazer a projeção em 3D de interiores de imóveis.

A ideia é que proprietários possam fazer o escaneamento do imóvel e compartilhar pela internet. Assim, para circular por todos os cômodos e até conferir a vista da janela, o interessado só precisa usar as setas do teclado ou tocar a tela do smartphone.

Divulgação
Visualização da ferramenta de escaneamento virtual de imóveis iTeleport ***DIREITOS RESERVADOS. NÃO PUBLICAR SEM AUTORIZAÇÃO DO DETENTOR DOS DIREITOS AUTORAIS E DE IMAGEM***
Visualização do interior de um imóvel que passou por escaneamento. Bastaria clicar nos círculos para andar pelo apartamento

Toledo atuava no ramo das projeções em 3D de imóveis ainda na planta, mas decidiu apostar no escaneamento virtual ao detectar a tendência no mercado imobiliário americano. Segundo ele, por lá mais de 50 mil visulizações de imóveis em 3D já estão disponíveis.

A empresa é parceira de uma imobiliária especializada no aluguel de flats em São Paulo para estrangeiros. Nesse caso, poder visitar o imóvel de forma remota antes de fechar negócio é uma vantagem. "Se você está indo morar em outro país, sem conhecer nada, essa visualização te dá segurança", conta Toledo.

Outra parceria é com o site Proprietário Direto, que facilita a compra de imóveis diretamente com os proprietários.

"É mais uma forma que temos para que a pessoa tenha uma noção melhor do imóvel, porque muitas vezes a foto que o proprietário coloca não é a ideal", conta Edgard Frazão, dono do site.

A empresa oferece pacotes de escaneamento que vão de dez a 50 imóveis, focados em imobiliárias, que incluem instruções sobre como adicionar o tour em sites e um treinamento em marketing digital.

Para proprietários de imóveis, o valor do serviço varia conforme a metragem da casa ou do apartamento. O escaneamento de imóveis com até 50 m² sai por R$ 499, valor que sobe para R$ 999 se o imóvel tiver por volta de 100 m² e chega a R$ 1899 se for maior que 200 m².

 

Publicidade

 
Busca

Encontre um imóvel









pesquisa

Publicidade

 

Publicidade

 

Publicidade

 

Publicidade

 

Publicidade


Pixel tag