Publicidade
22/08/2011 - 07h45

Brasileiros vão a Miami em busca de produtos de decoração

CRISTIANE CAPUCHINHO
ENVIADA ESPECIAL A MIAMI

Design, qualidade e preços atrativos levam brasileiros a ultrapassarem os limites da bagagem de mão e alugarem um contêiner para importar parte da casa de Miami.

Eletrodomésticos, eletrônicos, produtos para cozinha e pequenos objetos de decoração são os principais alvos.

Eduardo Anizelli/Folhapress
Marilda Mendes comprou mobília em Miami com o auxílio de suas arquitetas Andrea Teixeira e Fernanda Negrelli
Marilda Mendes comprou mobília em Miami com a ajuda das arquitetas Andrea Teixeira e Fernanda Negrelli

Mesmo pagando os impostos e o transporte, as melhores marcas saem mais baratas do que se compradas por aqui, considera a dona de casa Marilda Mendes, 63, que trouxe camas, luminárias e eletrodomésticos.

QUALIDADE
Após a aplicação dos impostos (50% sobre as notas do que for enviado como bagagem desacompanhada, de acordo com a Receita Federal) e o pagamento do transporte, alguns produtos ainda saem pela metade do preço.

Uma batedeira KitchenAid, vendida por aqui a R$ 1.690, pode ser adquirida lá por US$ 349 (R$ 560), na Williams-Sonoma. Outra vantagem é o acesso a peças que não são encontradas no Brasil. O problema pode ser o prazo de entrega: de três a seis meses, diz a arquiteta Débora Aguiar.

Cristiane Capuchinho/Folhapress
Sofá de dois lugares em oferta
Sofá de dois lugares em oferta

'SALE'
As empresas de decoração costumam separar uma área no fundo da loja para produtos em oferta.

Os preços podem ter até 70% de desconto. É essencial peneirar levando em consideração que são peças únicas.

Na Crate and Barrel, o sofá de couro de ovelha de dois lugares sai por US$ 349 (R$ 560).

A loja fica em Gulfstream Park, a cerca de 20 minutos de Miami.

Cristiane Capuchinho/Folhapress
A luminária da Pottery Barn tem variados tamanhos de cúpula
A luminária da Pottery Barn tem variados tamanhos de cúpula

DETALHES
Pequenos objetos de decoração costumam ser muito vantajosos pela relação custo-qualidade, considera o arquiteto Maurício Queiroz.

Luminárias, vasos e estátuas são algumas das peças que brilham aos olhos em cada loja visitada e com preços razoáveis.

A luminária vista na loja Pottery Barn sai por US$ 109 (R$ 175).

O transporte de itens como esse deve ser cuidadoso. No despacho por mar, o indicado é pedir para a loja fazer fotos antes da entrega à importadora para saber a quem reclamar em caso de avaria.

Cristiane Capuchinho/Folhapress
Fogão com coifa da Monogram, marca de luxo da GE
Fogão com coifa da Monogram, marca de luxo da GE

COZINHA
Para quem sonha com aquele refrigerador de filme ou apenas um liquidificador retrô, as lojas especializadas em objetos culinários são uma perdição.

A vantagem aparece exatamente nos itens especiais. Uma adega Monogram para 29 garrafas pode ser comprada na Best Buy por US$ 499 (R$ 800) ou por R$ 1.599, no site brasileiro da GE.

Marcas europeias, como Viking e Miele, não são tão conhecidas por lá, mas estão na Bells Appliances.

Os melhores preços são os de itens de marcas americanas, como GE, KitchenAid e Subzero.

Cristiane Capuchinho/Folhapress
Poltrona Egg, da Arne Jacobsen, e estante Neuland
Poltrona Egg, da Arne Jacobsen, e estante Neuland

'DESIGN DISTRICT'
Alguns quarteirões na região central da cidade são dedicados a lojas de decoração e de design.

Os preços no "Design District" normalmente estão na casa do milhar de dólares. Na Luminaire, o preço da estante da alemã Neuland é US$ 1.980 (R$ 3.178). A poltrona Egg, da Arne Jacobsen, sai por US$ 6.500 (R$ 10,4 mil).

A vantagem é poder encontrar produtos de diversas marcas reunidas em um único endereço para importação.

 

Publicidade

 
Busca

Encontre um imóvel









pesquisa

Publicidade

 

Publicidade

 

Publicidade

 

Publicidade

 

Publicidade


Pixel tag