Publicidade
06/07/2012 - 09h06

Projeto incentiva regularização de profissionais do carnaval

DE SÃO PAULO

O Sebrae fechou uma parceria com a Lierj (Liga das Escolas de Samba do Rio de Janeiro), que organiza os desfiles de carnaval dos grupos de acesso no Rio, para incentivar a formalização de profissionais que trabalham no setor. A ideia é ampliar a adesão ao programa Empreendedor Individual (pessoa que trabalha por conta própria e que se legaliza como pequeno empresário).

De acordo com o Sebrae, há mais de 50 atividades da cadeia produtiva do carnaval que podem ser cadastradas, como as de bordadeira, chapeleiro e artesão de bijuterias. Uma cartilha vai mostrar a esses profissionais os benefícios gerados pela regularização.

Podem participar do programa pessoas que faturam até R$ 60 mil por ano e possuem no máximo um empregado. Com a adesão, os empreendedores têm alíquotas reduzidas para algumas contribuições --o custo máximo de formalização é de R$ 33,25 por mês, dependendo da atividade profissional.

 

Publicidade

 
Busca

Busque produtos e serviços


pesquisa

Publicidade

 

Publicidade

 

Publicidade

 

Publicidade

 

Publicidade


Livraria da Folha

Abilio

Abilio

Cristiane Correa

Comprar
Em Busca do Tesouro Direto

Em Busca do Tesouro Direto

Samy Dana, Miguel Longuini

Comprar
Felicidade Construída

Felicidade Construída

Paul Dolan

Comprar
Brasil: Uma Biografia

Brasil: Uma Biografia

Heloísa Starling, Lilia M. Schwarcz

Comprar
Pixel tag