Publicidade

 

Publicidade

 
08/07/2012 - 06h00

Conheça novas ideias e modelos de comércio on-line

FELIPE GUTIERREZ
DE SÃO PAULO

Editoria de Arte/Folhapress

O varejo on-line vive uma fase de experimentação após o boom das compras coletivas. Entre novembro de 2011 e abril deste ano, o número de empresas virtuais que oferecem esse tipo de desconto caiu de 1.100 para 850, segundo o SaveMe, site que reúne páginas de ofertas.

Diante desse cenário, os empreendedores começaram a testar novos modelos de comércio na web.

Entre as novidades, há empresas que oferecem uma cesta mensal a partir de uma assinatura, redes sociais só para o comércio, sites que indicam qual o modelo adequado de produto de acordo com o perfil do usuário e um aplicativo que mostra as promoções existentes na vizinhança.

Esses empresários estão atrás de uma fatia crescente do varejo.

Segundo Claudio Felisoni, presidente do conselho do Provar (Programa de Administração de Varejo da Fundação Instituto de Administração), o comércio pela rede representa cerca de 5% do total das vendas, mas cresce em um ritmo quatro vezes maior do que o resto do mercado.

Para conseguir uma fatia desse bolo, jovens empresários lançam mão de novas táticas. "No que diz respeito a modelos de sites, a criatividade vai longe", diz Felisoni.

"Algumas das ideias que pipocam são incríveis, com maneiras diferentes de vender que chamam a atenção, mas ainda não têm representatividade", diz Natan Sztamfater, 31, fundador da CookieWeb, agência de marketing especializada na web.

Porém, "novos projetos trazem novas demandas", diz Igor Senra, 34, presidente da Moip, de soluções para pagamento on-line. Para ele, modelos bem-sucedidos oferecem produtos de uma forma simples, "e é isso o que esses caras querem fazer".

APLICATIVO MAPEIA PROMOÇÕES PELAS RUAS

O panfleto de descontos ganhou uma versão moderna e digital.

Um grupo de investidores lançou o aplicativo Guiato, que agrega e digitaliza panfletos promocionais de lojas físicas, além de distribuí-los em um mapa -o usuário vê os estabelecimentos próximos que têm descontos.

O Guiato recebe dinheiro cada vez que um usuário visualiza um panfleto. "Captamos o cliente on-line e levamos para a loja física", diz Paulo Humberg, 44, presidente do fundo A5, que apostou na empresa.

Outros negócios pretendem unir vendas e web.

 

Publicidade

 
Busca

Busque produtos e serviços


pesquisa

Publicidade

 

Publicidade

 

Publicidade

 

Publicidade

 

Publicidade


Livraria da Folha

In My Shoes

In My Shoes

Tamara Mellon

Comprar
A Linguagem Corporal Dos Lideres

A Linguagem Corporal Dos Lideres

Carol Kinsey Goman

Comprar
Sociedade Com Deus

Sociedade Com Deus

William Douglas e Rubens Teixeira

Comprar