Publicidade
05/04/2013 - 07h01

Aceleradora de negócios afirma que vai ajudar empresas iniciantes de graça

DE SÃO PAULO

A aceleradora de negócios Startup Farm anunciou nesta quinta-feira (4) que vai acelerar start-ups (empresas iniciantes de base tecnológica) de graça neste ano no Rio de Janeiro e em São Paulo. Isso contraria uma prática comum do mercado: aceleradoras de negócios normalmente ficam com uma parte do negócio, em um percentual que pode variar de 5% a 30%.

Segundo a empresa, o fato de não cobrar mais vai possibilitar que um número maior de empresas sejam aceleradas. A receita para sustentar essa iniciativa vai vir de patrocinadores.

Em geral, aceleradoras de negócio são grupos de investidores interessados em trabalhar no desenvolvimento de uma empresa para lucrar depois --eles costumam ficar com uma parte do negócio. O objetivo é preparar a empresa para conseguir investidores e crescer rapidamente, com foco na melhora do modelo de negócios.

Empresas criam objetos de decoração a partir de fotos de redes sociais
Empresários mostram como criar negócios com pouquíssimo dinheiro
'Experimente com o que você tem', diz autor de livro sobre 'empresas baratas'

Rosi Rodrigues, gerente executiva do Starup Farm comenta o antigo desejo de tornar o programa totalmente gratuito.

"Desde o começo do Startup Farm, um grande sonho nosso era poder oferecer um processo aceleração de alto nível sem custo para o empreendedor. Em 2013, o sonho será realizado, mantendo nossa proposta de não ficar com participação acionária dos negócios, graças aos nossos patrocinadores. "

Já estão confirmadas edições de 30 dias no Rio e em São Paulo e outras estão sendo negociadas com parceiros locais.

 

Publicidade

 
Busca

Busque produtos e serviços


pesquisa

Publicidade

 

Publicidade

 

Publicidade

 

Publicidade

 

Publicidade


Pixel tag