Publicidade
03/10/2011 - 07h30

Retorno de personagens é destaque em licenciamento

ROSANGELA DE MOURA
DE SÃO PAULO

Personagens que estavam "esquecidos" deram o tom na quarta edição da feira Licensing Brasil Meeting, realizada nos dias 27 e 28 de setembro em São Paulo.

Bananas de Pijamas e ThunderCats foram apresentados no evento, que reuniu licenciados e 30 agências licenciadoras, como as grandes apostas do setor para os próximos meses.

A volta da série para a TV, no canal Discovery Kids, é um dos fatores para ressuscitar as Bananas de Pijamas. A animação estreia em janeiro de 2012 em 3D. Com 104 capítulos de 12 minutos cada um, ela é destinada a crianças de até cinco anos de idade.

A dupla estourou na década de 1990, com 980 bonecos vendidos pela Maritel. "Nosso projeto é para que os desenhos sejam exibidos em um canal aberto a partir de setembro. Antes disso, devem estrear no teatro."

"Foi mais difícil negociar 'Bananas' na primeira vez", diz Ana Kasmanas, diretora da agência que licencia a marca. "Muitas empresas torceram o nariz", diz.

Quem também retorna à TV são os ThunderCats, da Warner. Os felinos guerreiros, que reinaram nos anos 1980, serão exibidos pelo Cartoon Network a partir de 2012 e também pelo SBT.

Marcos Bandeira de Mello, gerente-geral da Warner Bros. Consumer Products, explica que os olhos de Thundera, marca da propriedade, ainda estão presentes em adesivos de carros e camisetas.

Já Penelope Charmosa, cuja animação é exibida no SBT, ganhou três versões - Charminho, para meninas de dois a cinco anos, clássica e adulta, destinada a mulheres de todas as idades.

CRIANÇAS

O evento também trouxe personagens que acabam de sair das pranchetas, como a animação "Redakai", produzida pela Spin Master. Com exibição prevista para o primeiro trimestre de 2012 no Cartoon Network, a série tem 52 episódios voltados a meninos de seis a 12 anos.

Sucesso na web, com mais de 300 milhões de visitantes no YouTube, a Galinha Pintadinha também ganhou espaço em licenciamento.

A propriedade da Redibra deve virar peça de teatro, com exibição no Rio de Janeiro e em São Paulo em 2012.

"Não imaginei que tantas pessoas conhecessem a galinha, em especial, crianças de dois a quatro anos", diz Thiago Gonçalves, da Toyster.

 

Publicidade

 
Busca

Busque produtos e serviços


pesquisa

Publicidade

 

Publicidade

 

Publicidade

 

Publicidade

 

Publicidade


Pixel tag