Publicidade
21/05/2013 - 18h08

Multinacional de tecnologia vai contratar autistas para testar softwares

DE SÃO PAULO

Atualizado às 18h08.

A empresa de tecnologia SAP anunciou nesta terça-feira (21) que irá empregar pessoas com autismo para testar softwares. O programa será global e começará nos Estados Unidos, no Canadá e na Alemanha ainda este ano. De acordo com a empresa, devem ser contratadas até 650 pessoas nos 60 escritórios da companhia.

O anúncio segue, segundo a multinacional, um projeto-piloto feito na Índia e na Irlanda. Foram contratadas seis pessoas com autismo para testar softwares e o resultado foi o aumento de produtividade, de acordo com a companhia.

As próximas contratações acontecerão em parceria com a instituição Specialisterne, que ajuda pessoas com esse transtorno a encontrar trabalho.

De acordo com a entidade, "profissionais com autismo têm mais capacidade de concentração e de exercer atividades repetitivas que outros funcionários poderiam achar chatas, além de boa memória". Por isso, podem ser indicadas para a função de testador de programas.

"Concentrando nas habilidades diferentes, nós podemos redefinir um caminho de lidar com diversos talentos", disse, em nota, Luisa Delgado, uma das executivas de recursos humanos da SAP.

Procurada pela Folha, a unidade da SAP no Brasil informou que o programa pode ser implantado no país, mas que ainda não há planos.

Thomas Kienzle/Associated Press
SAP contratará cerca de 650 pessoas com autismo através de programa global recrutamento
SAP contratará cerca de 650 pessoas com autismo através de programa global recrutamento
 

Publicidade

 
Busca

Encontre vagas




pesquisa

Publicidade

 

Publicidade

 

Publicidade

 

Publicidade

 

Publicidade


Pixel tag