Publicidade
22/05/2013 - 07h02

Brasil é o segundo país em número de funcionários temporários

DE SÃO PAULO

Trabalhadores temporários já somam 46 milhões no mundo. O dado foi divulgado no relatório econômico 2013 da CIETT (confederação internacional das agências privadas de emprego, na sigla em inglês).

O Brasil é o segundo país com maior número de pessoas trabalhando neste regime. Os Estados Unidos são a nação que mais usa a mão de obra por tempo determinado, empregando 12,9 milhões de pessoas. O Japão aparece em terceiro lugar no ranking, com 2,6 milhões.

Patrícia Stavis - 8.jan.09/Folhapress
Vander Morales, presidente do Sindeprestem, sindicato das empresas de prestação de serviços e de trabalho temporário
Vander Morales, presidente do Sindeprestem, sindicato das empresas de prestação de serviços e de trabalho temporário

"Os dados legitimam o que temos defendido. O trabalho temporário é porta de entrada no mercado para jovens, idosos e pessoas que precisam de renda extra. Qualificação é oportunidade real de ascensão profissional", disse em nota Vander Morales, presidente do Sindeprestem (Sindicato das Empresas de Prestação de Serviços Terceirizáveis e de Trabalho Temporário do Estado de São Paulo).

De acordo com a entidade, os setores brasileiros de prestação de serviços terceirizáveis e de trabalho temporário tiveram faturamento de R$ 73,9 bilhões no último ano.

 

Publicidade

 
Busca

Encontre vagas




pesquisa

Publicidade

 

Publicidade

 

Publicidade

 

Publicidade

 

Publicidade


Pixel tag