Publicidade
09/12/2012 - 06h30

Praia Grande muda com perfil de imóveis e se destaca sobre Guarujá

DANIEL VASQUES
DE SÃO PAULO

Para quem gosta de mar e vive longe da praia, a compra de um imóvel no litoral significa o sonho da casa própria realizado. A possibilidade de viajar com frequência, ter uma nova morada na aposentadoria ou uma renda com o aluguel são pontos que pesam.

Levantamento mostra o perfil dos imóveis no litoral sul de SP
Praias do litoral sul de SP têm imóveis a pronta-entrega

Considerando as cidades à beira-mar do Estado --sem incluir os quatro municípios do litoral norte e Bertioga, temas da próxima edição-- há fartura de opções.

Só em Santos, Praia Grande, Guarujá e São Vicente foram colocadas 14.270 unidades à venda nos últimos três anos, segundo a Zarif Assessoria Econômica e o Secovi-SP. Dessas, 91,6% ficam em Santos e Praia Grande.

Mas o mercado está mudando. Famoso por empreendimentos de alto padrão, o Guarujá vem deixando de atrair incorporadoras e compradores. Já a Praia Grande, por muito tempo o "patinho feio" do litoral sul, passa por um aumento no nível e no número de lançamentos.

Segundo especialistas, a tendência é que a Praia Grande ganhe destaque pelo número de edifícios lançados, pelo valor do metro quadrado (em valorização) e pelo crescimento da cidade.
No Guarujá, a queda nas vendas e o aumento dos estoques ainda não tiveram influência sobre os preços, que se mantêm estáveis. "A tabela não diminui, mas você compra com descontos, pois o mercado ali está parado", diz Paulo Pinheiro, sócio-diretor da imobiliária Lopes.

Sobre o "futuro imobiliário" da cidade, Pinheiro diz que o Guarujá deverá perder público para a Praia Grande. Para Renato Monteiro, diretor regional do Secovi-SP, a "migração" já ocorre, mas rumo à Riviera de São Lourenço (condomínio aberto de alto padrão em Bertioga).

Segundo ele, o Guarujá pode ser uma chance de bom negócio, por "preços mais baixos do que poderia ter".

José Augusto Viana Neto, presidente do Creci-SP (associação dos corretores), aponta Praia Grande, Mongaguá e Itanhaém como as cidades com o maior potencial de crescimento.

Editoria de Arte/Folhapress
 

Publicidade

 
Busca

Encontre um imóvel









pesquisa

Publicidade

 

Publicidade

 

Publicidade

 

Publicidade

 

Publicidade


Pixel tag