Publicidade
02/01/2013 - 06h10

Quase 90% dos profissionais nos EUA dizem fazer horas extras

DE SÃO PAULO

Uma pesquisa feita nos Estados Unidos indica que os profissionais estão cada vez mais acostumados a trabalhar mais horas do que deveriam. 87% dos 2.000 entrevistados dizem que fazem horas extras costumeiramente, e, destes, 38% afirmam estar satisfeitos com o equilíbrio entre a carreira e a vida pessoal.

Mulher é demitida nos EUA por ser "muito atraente"
Livro ensina auto-hipnose para passar em concurso
Veja os itens preferidos dos brasileiros na mesa de trabalho

No total, 42,1% dos profissionais afirmam estar satisfeitos com essa relação.

Os maiores índices de satisfação aparecem entre profissionais classificados como "integrantes de equipe", com 50,8%, seguidos pelos executivos (40,5%), gerentes (36,8%), freelancers (35,5%) e donos do próprio negócio (29%).

O levantamento, feito pela empresa Wrike, fabricante de um software de gerenciamento de projetos, indica que 39% dos profissionais trabalham cinco horas a mais por semana. Apenas 13% afirmaram não fazer horas extras nunca.

 

Publicidade

 
Busca

Encontre vagas




pesquisa

Publicidade

 

Publicidade

 

Publicidade

 

Publicidade

 

Publicidade


Livraria da Folha

Abilio

Abilio

Cristiane Correa

Comprar
Em Busca do Tesouro Direto

Em Busca do Tesouro Direto

Samy Dana, Miguel Longuini

Comprar
Felicidade Construída

Felicidade Construída

Paul Dolan

Comprar
Brasil: Uma Biografia

Brasil: Uma Biografia

Heloísa Starling, Lilia M. Schwarcz

Comprar
Pixel tag