Publicidade

 

Publicidade

 
02/01/2013 - 06h10

Quase 90% dos profissionais nos EUA dizem fazer horas extras

DE SÃO PAULO

Uma pesquisa feita nos Estados Unidos indica que os profissionais estão cada vez mais acostumados a trabalhar mais horas do que deveriam. 87% dos 2.000 entrevistados dizem que fazem horas extras costumeiramente, e, destes, 38% afirmam estar satisfeitos com o equilíbrio entre a carreira e a vida pessoal.

Mulher é demitida nos EUA por ser "muito atraente"
Livro ensina auto-hipnose para passar em concurso
Veja os itens preferidos dos brasileiros na mesa de trabalho

No total, 42,1% dos profissionais afirmam estar satisfeitos com essa relação.

Os maiores índices de satisfação aparecem entre profissionais classificados como "integrantes de equipe", com 50,8%, seguidos pelos executivos (40,5%), gerentes (36,8%), freelancers (35,5%) e donos do próprio negócio (29%).

O levantamento, feito pela empresa Wrike, fabricante de um software de gerenciamento de projetos, indica que 39% dos profissionais trabalham cinco horas a mais por semana. Apenas 13% afirmaram não fazer horas extras nunca.

 

Publicidade

 
Busca

Encontre vagas




pesquisa

Publicidade

 

Publicidade

 

Publicidade

 

Publicidade

 

Publicidade


Livraria da Folha

A Linguagem Corporal dos Líderes

A Linguagem Corporal dos Líderes

Carol Kinsey Goman

Comprar
Corpo Fala no Amor

Corpo Fala no Amor

Monika Matschnig

Comprar
Confrontos Decisivos

Confrontos Decisivos

Al Switzler, Joseph Grenny, Kerry Paterson e Ron Mcmillan

Comprar