Publicidade
18/01/2013 - 12h38

Investidor lista clichês de empreendedores

DE SÃO PAULO

O investidor anjo Fernando Campos costuma ouvir argumentos parecidos a cada reunião com empreendedores que buscam financiamento. Apesar de muito repetidos, alguns desses argumentos são muito falhos, ele diz. "É um pouco da inexperiência achar que vai impressionar o investidor. Dizem algo sem ponderar."

'Efeito Facebook' faz investidores ficarem mais 'chatos' nos EUA
Veja 8 dicas para ter sucesso no comércio on-line
Negócios 'estranhos' atraem atenção de investidores e do mercado

Ele fez uma lista de clichês que ouve de empresários iniciantes e que, segundo ele, mostram, na realidade, que "o empreendedor não está pronto. Quer te impressionar e não mostrar as vantagens do projeto".

A lista original está publicada em um site de Campos. Veja em seguida os clichês que ele costuma ouvir de empreendedores:

"Eu não tenho concorrentes!"

Para Campos, quem diz isso não sabe o que é concorrência, já que um produto ou serviço substituto é um potencial concorrente. Ele também pondera que quem afirma isso pode ter bolado uma ideia ruim ou não ter pesquisado o suficiente.

"Com apenas 2% do mercado, meu faturamento já é de [insira número absurdo]!"

Uma porcentagem pequena como 1% ou 2% dá a ideia de que é algo fácil de ser obtido. Mas isso é uma falácia. "É um número fácil de se jogado e que parece pouco. Mas, na verdade, em um mercado grande, 1% são milhões de pessoas."

"No nosso cenário pessimista ainda atingimos lucro"

Em um cenário pessimista, o que se atinge é prejuízo, e não lucro.

"O Facebook (ou o Google, ou o Instagram, ou o Pinterest) fez isso e deu certo!"

"Isso equivale a dirigir olhando no retrovisor." Quem afirma que uma companhia de sucesso usou um modelo que irá ser reproduzido não leva em conta as condições e o momento de mercado em que aquela empresa se encontrava.

"Nós somos o Groupon (ou o Peixe Urbano ou o Foursquare ou o Yelp) desse mercado."

"Certo, e eu sou o Chuck Noris do Brasil", afirma Campos. Para ele, dar como exemplo uma marca de sucesso para dizer que irá ter sucesso indica que o negócio não é original.

"Nossas barreiras de entrada são altíssimas! Temos patentes de tudo no projeto."

Campos considera que patentes, em sites, são frágeis e que uma empresa iniciante não tem dinheiro para lutar judicialmente.

 

Publicidade

 
Busca

Busque produtos e serviços


pesquisa

Publicidade

 

Publicidade

 

Publicidade

 

Publicidade

 

Publicidade


Pixel tag